Direitos Autorais -
Lei número 9.610 - de 19.02.1998.

Ao repassar, respeite os direitos autorais.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Palavras noturnas.


7 comentários:

  1. Fala noite.
    Você sempre define alguma coisa boa.
    Fala das volúpias.
    Fala dessa sua extensão infinita.
    Fala dos pretextos, dos anseios.
    Exala o perfume da lua.
    Nos atormenta com o brilho das estrelas.
    Fala da concordância com a poesia.
    Dos corações das pessoas.
    Conta sobre tudo que te cerca.
    Mostra o nítido, as ilusões.
    Revela o que faz sentido.
    Não cale, nem ouça.
    Fala da inocência mais exata.
    Fala ...
    Fala do Universo, de sua força.
    Fala dessas coisas.
    Fala louca !!!

    Cecília Fidelli.

    ResponderExcluir
  2. A noite esconde muitos segredos, mas desperta muitos sonhos e inspiração.
    Nós, de São Paulo, vivemos de noite, Gosto desse texto do Shakespeare, a respeito da noite :" Há quem diga que todas as noites são de sonhos.
    Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isto não tem muita importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado.(Sonho de uma Noite de Verão) William Shakespeare" . Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. REGULAMENTO DO “IX CONCURSO PLÍNIO MOTTA DE POESIAS”

    A Academia Machadense de Letras (Machado-MG / Brasil) comunica a realização em novembro de 2013 de seu IX Concurso de Poesias. As inscrições encerram-se no dia 14 de outubro (2013). Para receber gratuitamente o regulamento em arquivo PDF, entre outras informações, favor entrar em contato através do e-mail: machadocultural@gmail.com

    Obs (PS): O tema é livre e aberto a todos de Língua Portuguesa e Espanhola e a taxa de inscrição é de R$5,00 pode ser enviada dentro do envelope.

    Favor verificar o recebimento do regulamento em pdf e jpeg. Estarei aqui para novos esclarecimentos. Caso sua poesia seja classificada e você não puder aparecer, a Academia indicará um membro para declamá-la.
    O concurso será realizado no dia 09 de novembro, às 20:00hs no Anfiteatro da Prefeitura Municipal de Machado-MG.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. SAUDADES

    Cecilia Fidelli


    Foi voar na madrugada,
    passear em outra estrada.
    Não deves mais viver magoada.
    Não mais a menina levada.
    Agora senhora que leva o vento,
    e por ele nunca foi ela arrastada.

    As trovas e versos compostos
    com mui destreza poética...
    para nós a ilustre deixou.

    Verdadeiramente uma IMORTAL
    Aclamada pelos que agora a lêem.
    A aurora para ela sorriu e tomou a
    para si.

    A lacuna da sua presença
    é uma virgem gema intocada.
    A vida que vives agora
    é uma vida regalada.
    Com anjos ao seu redor,
    são esses no além do azul
    os mais privilegiados.
    A ouvir poemas inéditos.
    Que a ninguém daqui da
    terra, os fizeste dedicados.

    Alguém ficou sem os ler...

    E os mais belos contigo nunca jazeram.
    Não neste chão, nunca esses ficaram velados.
    Voaram com ela alados.

    CECÍLIA brilha.

    No céu estrela luzídia,
    com manto branco em brilhante
    fulgor.
    Nas nossas vidas sua memória está...
    em suas letras, se faz tão presente.
    E em pastos verdejantes,
    repousas eterna, doce anjo nubente.

    Maria Delmond~
    25.12.2013

    ResponderExcluir